[Edição de Dezembro] Vogue Japão entrevista com Leeteuk

Entrevistador: Atual sentimento?

Leeteuk: Primeiro, eu gostaria de agradecer minhas fãs. Eu recebi uma inacreditável quantidade de amor. Também me faz sentir inquieto porque não sei por quanto tempo eu continuarei recebendo todo esse amor. Então toda vez que eu penso dessa maneira eu tento crescer melhor para que eu seja amado por um longo tempo. Estou também muito agradecido pelo apoio e amor que o Japão nos dá, embora nós nunca promovemos oficialmente lá.

E: Tem sido 7 anos desde o debut. O que mudou e o que não mudou?

LT: Graças à Sorry Sorry, o Super Junior se tornou bem conhecido e nos permitiu mostrar nossa própria cor na música. Alguns nos criticam dizendo que nossas canções soam todas as mesmas mas eu acho que a crítica é uma forma de interesse, então não me importo. Ser capaz de criar um gênero para o Super Junior é uma grande conquista, portanto eu tenho orgulho nesse fato.

E: Você tem a imagem dos gêneros, balada suave e rock pesado. Qual é mais próximo de você?

LT: Eu não me conheço. Mas se eu sou perguntado ‘eu sou ‘valentão?’, eu quero ouvir ‘fofo!’

E: Você aparenta estar sempre sorrindo.

LT: Sério? Eu não gosto de brigar. Quando você fica bravo você assusta a si mesmo depois que lembrar de ter ficado bravo, então eu tento não ficar. Os membros sempre ajudam a criar uma atmosfera divertida.

E: Você pensou que tinha qualquer outra habilidade além de cantar?

LT: Eu realmente não sabia. Antes do debut, eu apenas sonhei em eu mesmo tocando piano e compondo músicas. Mas depois do debut, eu mostrei liderança e as habilidades naturais de MC vieram também.

E: É divertido ser um MC?

LT: Eu acredito que antes eu tinha uma personalidade negativa. Eu fui um trainee por muitos anos então eu não tinha certeza do meu futuro e fiquei depressivo muitas vezes. Mas depois de realizar shows com o Super Junior minha personalidade se tornou mais e mais brilhante. Eu queria dar um boa energia para os telespectadores então eu dava o meu melhor para não me tornar negativo.

E: Mas não é cansativo olhar/cuidar do humor das outras pessoas? O que você faz para aliviar o estresse?

LT: Algumas pessoas bebem álcool para aliviar o estresse, mas eu não consigo. Então eu me exercito. Quando eu malho, pensamentos desnecessários somem da minha mente. Por isso meu corpo ficou assim (risos). Eu acho que o corpo estando cansado é melhor do que a mente cansada. E eu quero continuar trabalhando duro conforme envelheço.

E: Papel do líder?

LT: Criar um atmosfera boa. Quando todos estão cansados ou depressivos por causa dos compromissos apertados eu tenho que fazer as coisas direito para eles se recuperarem.

E: Alguma preocupação?

LT: Quando eu primeiramente me tornei o líder, eu fiquei frustrado. ‘Como você é o líder você tem que consentir para com os outros membros’, foi o que eu mais ouvi dos managers. Se fosse bom, eu tinha que dar prioridade para os outros membros e se fosse um erro feito pelos mesmos, eu tinha que ser repreendido junto ou suportar a responsabilidade. Eu acho que os membros decidiram que estar comigo ajuda e que eles deveriam me ajudar em retorno. Eu também reúno as ideias deles e as expresso para a companhia. Então minha conta de celular é sempre a mais alta. (risos)

 

cr: a_ne21 & nksubs & sup3rjunior & kellyrika
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s